-->

Leia antes de iniciar a a leitura no Orquídeas Sem Mistério!

Tutorial do Blog Orquídeas Sem Mistério.

Olá Pessoal!! Estou agora atualizando o Tutorial deste blog, uma vez que ocorreram algumas mudanças em sua funcionalidade tornando o mais pr...

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Por Onde Andei – Na verdade foi em casa mesmo hehehe!!

Olá pessoal!!! O por onde Andei de hoje na verdade é para falar do que aconteceu aqui em casa no dia 31/07/2016. Pois bem pessoal, na verdade o pessoal é que andou por aqui, pois neste dia 31 realizei um Open House junto com o encontro da OrquidaRio aqui com plantas para venda, sorteios, bastante comida e muito bom humor e um clima bastante agradável com pessoas maravilhosas e eu só tenho a agradecer a todos que vieram no encontro e que venham mais por aí!!
Até a próxima pessoal e vejam as fotos e vídeos agora!!





































7 comentários:

  1. Andrew, meu nome é Juliana, comecei a cultivar orquídeas por hobby e comecei pelas mudas... Aguardo a chegada das flores, mas estou mesmo apaixonada por cada broto novo... Vc é simplesmente o máximo: explica tudo, sem rodeios, e o melhor: cienticamente!demais mesmo! gostaria de saber se posso intercalar fumo, neem, chá de canela para controle de pragas junto da adubação rotineira sem causar danos às plantas. Obrigada, muito sucesso e não some! Amo o seu blog! parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Juliana! Obrigado!!! Sim pode sim intercalar esses produtos para o manejo das pragas, mas nunca no mesmo dia da adubação e ainda pode acrescentar quando for fazer uma pulverização 10ml de detergente neutro, seja para o fumo ou para o nim ou chá de canela. Agora quanto ao fumo use proteção, principalmente mascara e proteção para os olhos e mãos, pois o fumo embora natural é bastante forte e pode causar intoxicações agudas.
      Forte abraço e até a próxima!

      Excluir
  2. Olá! Gosto muito do seu blog e dos seus comentários ao tirar as dúvidas dos leitores. Tenho uma cattleya que estava com muitas raízes podres, cortei e a coloquei em carvão. Ela desenvolveu um brotinho e parou. Sinto que ela está muito debilitada e gostaria de entender melhor a questão da UTI. Posso pegá-la amarrada no carvão, como está, e colocá-la dentro de um saco plástico transparente cheio de ar? Tenho lido sobre isso, mas não entendo bem sobre o substrato correto a ser utilizado e como ficaria a questão da rega! Moro em Manaus e é difícil encontrar materiais para o cultivo de orquídeas, devem pensar que não possível... E eu já tenho algumas há quase um ano, elas geram brotinhos e até floração nova já teve! Obrigada pela atenção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marilia! Na verdade a região amazônica é riquíssima em orquídeas com muitas de beleza espetacular e aí perto de Manaus não é diferente. Em vez de carvão uma boa opção de substrato que poderia usar seria a brita de construção, sendo a 1 para plantas de raízes mais grossas e a zero para as de raízes finas. Você pode plantar essa planta em brita com vaso de tamanho apropriado e se ela está muito debilitada uma opção é colocar o vaso dentro de um saco transparente até sua recuperação e aí no caso você só molharia quando estivesse totalmente seco, o que é possível notar pelo fato do saco não suar mais, mas como Manaus é muito úmido então isso ajuda bastante na recuperação da planta e se ela não está tão debilitada assim nem precisa colocar na UTI, até porque a UTI pode ter problema de excesso de umidade. Experimente usar a brita ou mesmo plantar em tocos de madeira nobre que provavelmente terá mais sucesso. Aí no caso regue sempre que estiver seca e adube com um bom adubo para orquídeas.
      Bom, espero ter ajudado, mas tendo mais dúvidas é só entrar em contato.
      Forte abraço e até a próxima!!

      Excluir
    2. Muito obrigada pela atenção! Vou tentar seguir as suas dicas ^^

      Excluir
  3. Oi que bom que achei seu blog, também estou amando. me apaixonei recentemente por orquídeas pelo fato de estar morando num sítio onde já faz parte da mata atlântica,adoro andar na mata e já encontrei umas cinco espécies nativas daqui. Estou começando a cultivar. Espero um dia poder visitar também feiras, reuniões e encontros com pessoas que amam orquídeas. Espero também transformar aqui num grande orquidário, leva tempo, mas vou ver se dá minha força. Aqui é bem perto já do Vale do Ribeira, quase divisa com Paraná.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso aí! O cultivo de orquídeas é fascinante e cada vez mais nos envolvemos e ficamos fascinado com a beleza e exoticidade dessas plantas, porém uma dica. Evite ao máximo coletar exemplares da mata, pois muitos são comercializados em orquidários e são reproduzidos por sementes em laboratórios e sem contar que é crime ambiental remover as plantas da natureza, mas sua proteção e contemplação aí sim é mais que bem vindo e um ótimo aprendizado!

      Excluir